Arquivo da tag: projeto sala de jantar

Dicas para preparar a sua casa para receber o ano novo – parte 3

Padrão

Dê uma cara nova à sua sala de jantar – Atualmente, a sala de jantar vem perdendo aquela conotação de ambiente reservado para ocasiões especiais, a formalidade deste espaço vem diminuindo. A tendência é que este ambiente se torne mais casual e integrado ao restante das áreas sociais das residências e apartamentos. Por menos imponente que seja, uma sala de jantar é sempre mágica, pelo poder de reunir amigos e familiares. “Por isto, para receber muito bem os seus convidados, além de cuidar da decoração, você pode caprichar nos acessórios, comprando louças especiais e algumas peças decorativas, que podem ser substituídas periodicamente, como esculturas, garrafas de vidro ou cristal, peças menos usadas de um serviço de jantar antigo, velas ou arranjos florais”, recomenda a arquiteta Ana Paula Perez.

Anúncios

São necessárias cortinas na sala de jantar?

Padrão

É preciso pensar também se é necessário colocar cortinas neste ambiente. “Para isto, é preciso pensar em como as cortinas funcionarão: apenas como elemento decorativo, ou como conforto térmico, servindo de barreira contra a incidência solar ou se terão um papel importante no resguardo da privacidade do espaço? Existem várias combinações possíveis para decorar janelas e que se apresentam igualmente vistosas, de dia e de noite: persianas que estão disponíveis em vários modelos e materiais e que permite resguardar  a sala do sol, sem escurecer a casa; uma cortina semi-transparente para o verão, à qual se pode sobrepor uma mais grossa no inverno. São muitas as possibilidades que devem ser estudadas para valorizar a sala e não introduzir um elemento desnecessário no ambiente”, explica Ana Carolina.

Tapetes na sala de jantar?

Padrão

“A colocação de um tapete na sala de jantar é um item bem polêmico. Quando o piso especificado é do tipo frio, como mármore ou porcelanato, sugerimos não utilizar o tapete.  Como opção, é possível também fazer um tapete, utilizando diferentes tipos de revestimento”, destaca Ana Carolina.  Mas se a opção for a de colocar um tapete, o uso desta peça pode destacar a sala de jantar de outros ambientes, numa mesma divisão; pode tornar o espaço menos formal; pode proteger o piso especificado; ou pode, ainda, tornar o ambiente mais aconchegante… Por outro lado, a ausência de um tapete pode realçar um chão magnífico, conferindo um certo glamour ao espaço e refrescando o ambiente. “Portanto, não há uma única regra. Ao fazer o projeto, podemos optar por experimentar. Mas, se a decisão final do cliente for a de colocar um tapete, este deve ser maior do que a mesa, para que as cadeiras estejam sempre pousadas sobre ele, mesmo quando puxadas para trás”, informa Tabach.

Como escolher as cadeiras?

Padrão

Depois da escolha da mesa, vem a hora de decidir como serão as cadeiras. “Atualmente, há uma liberdade muito grande para compor a mobília da mesa, desde um conjunto de cadeiras iguais, a cadeiras diferentes (um ou mais modelos distintos), passando por pequenos sofás e bancos, ou mesmo, uma mistura com cadeiras de um lado e um sofá do outro”, diz a arquiteta Ana Paula Perez. A escolha dos tecidos que revestirão as cadeiras também deve ser feita em função do estilo de vida dos moradores da casa. “É preciso considerar se  existem crianças ou animais na casa, pois há tecidos que camuflam mais as sujidades indesejadas. Há ainda a opção de usar capas laváveis sobre as cadeiras”, diz Ana Paula. Como existe uma gama enorme de opções no mercado, incluindo cadeiras com revestimentos de couro ou PVC, que dispensam ser forradas, é preciso muita atenção nessa escolha para se obter um bom resultado, harmônico com a mesa.

A escolha da mesa da sala de jantar

Padrão

O ponto de interesse central de uma sala de jantar é a mesa. E para uma boa especificação é necessário comnsiderar os formatos e dimensões disponíveis no mercado. “Esta escolha precisa levar em conta que a dimensão da mesa deve obedecer, primordialmente, ao espaço disponível. As pessoas sentadas devem ter espaço suficiente para acomodar as pernas, para se levantarem e circularem, sem incomodar os demais.  Hoje, muitas pessoas optam por modelos de mesa de jantar extensíveis, que aumentam, conforme a necessidade dos anfitriões. Existem soluções apropriadas para cada ambiente: mesas redondas são mais indicadas para conversar e suavizam o ambiente; pequenas mesas quadradas são ideais para espaços menores.”, explica Ana Paula Perez.